Translate

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Angelina Jolie comenta saída da fundação Halo Trust

Angelina Jolie enviou um comunicado por e-mail nessa quinta-feira, 03 de setembro, através de seu representante para falar sobre os motivos que levaram a deixar a administração da fundação Halo Trust que trabalha para livrar o mundo de minas terrestres.

O comunicado dizia que ela deixou a instituição em maio do ano passado "por causa de preocupações que tinha relativos à forma como o Trust vinha trabalhando".
"Continuo a apoiar o trabalho da equipe HALO no campo, e acredito firmemente na visão de um mundo livre de minas terrestres".

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

By The Sea pode ter estreia no Arthouse Film Festival

By The Sea, dirigido por Angelina Jolie e estrelado por ela e pelo marido, o ator Brad Pitt pode ter exibição no Arthouse Film Festival.

O filme está sendo considerado para participar do festival que completa 25 anos agora nesse mês de setembro.

O festival começa no dia 28 de setembro e tem duração de 10 semanas em dois teatros de Nova Jersey: AMC Mountainside and AMC Monmouth Mall.

Angelina Jolie se demite da fundação Halo Trust

Angelina Jolie se demitiu da fundação Halo Trust, organização responsável por desarmar minas terrestre em diversos países como Camboja, Angola, Congo, Chad e etc.

Jolie que era uma das administradoras, teria alegado que o motivo do seus desligamento da fundação foi por estar ocupada com outros projetos de caridade, mais a verdade é que ela estava extremamente desconfortável depois que surgiu relatórios de gastos excessivos por membros da organização.

Segundo informações, a organização pagava 500 libras por dia para cada trabalhador retirar as minas, e gastou outros 120 mil libras em uma revisão feita em 2013, Jolie queria que essa revisão fosse custeada pelos próprios membros da fundação e não com dinheiro dos contribuintes.


Há também relatos de que funcionários teria usado o dinheiro das doações para pagar os estudos dos filhos em escolas particulares.

"Ela saiu porque ela era extremamente desconfortável com as ações dos administradores", disse uma pessoa da fundação que não quis se identificar ao jornal The Times. "O principal era os administradores pagarem salários a si mesmos. Ela teria dito: 'Se eles querem fazer uma revisão, então que pagam por isso eles mesmo'. '

A revisão foi realizado após o ex-presidente-executivo Guy Willoughby, que co-fundou a organização em 1988, ter se demitido.

Ele tinha sido suspenso em julho do ano passado depois de uma "grave deterioração nas relações" entre ele e o conselho, e deixou o cargo no mês seguinte. 

Antes de sua renúncia, foi revelado que ele tinha recebido mais de £ 70.000 para cobrir as mensalidades escolares de seus filhos, um montante incluído no seu pacote de remuneração entre £ 210,000 e £ 220.000.


A revisão inclui políticas de recursos humanos da instituição de caridade, planejamento financeiro e estruturas legais. 

O ex-gerente de fundo Ms Pullinger foi pago £ 26.000, enquanto o autor Sr. Conway recebeu £ 96.750 para realizar a revisão e por seu papel como administrador executivo enquanto a fundação não contratava um novo chefe-executivo.

"A caridade é a sorte de ter o apoio de um número de indivíduos de alto perfil, incluindo Mrs Angelina Jolie. Ela decidiu se retirar como uma administradora da Halo Trust em maio do ano passado, ela continua a ser uma defensora da Halo Trust e em nossa missão de livrar o mundo das minas terrestres, disse um porta voz da fundação. "

Jolie não comentou sobre as reivindicações.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

By The Sea dirigido por Angelina Jolie terá sua estreia no festival AFI Fest

Foi anunciado hoje quinta-feira, 27 de agosto, que o longa By The Sea escrito e dirigido por Angelina Jolie e estrelado por ela junto com o marido, o ator Brad Pitt, terá sua estreia no festival AFI Fest, em Los Angeles.

O filme está marcado para ser exibido no dia 05 de novembro, e sua estreia nos cinemas americanos, será no dia 13 do mesmo mês.

Jacqueline Lyanga, Diretora do AFI Fest disse: "Estamos lançando este ano no AFI Festival um filme que é alimentada pela influência de ambos cinema americanos e estrangeiros. A arte inteligente de Angelina Jolie Pitt em 'By the Sea' prova que ela está entre os cineastas mais criativos e expressivos hoje. É uma maneira perfeita para lança-lo na abertura que será de oito dias de filmes incríveis de Hollywood e de todo o mundo ".

"Uma e outra vez, Angelina Jolie Pitt provou ser uma artista do mais alto calibre," disse Bob Gazzale, presidente e CEO do AFI ao anunciar o filme na noite de abertura. "É uma honra para AFI poder celebrar a sua mais recente história realizando sua estréia mundial - e ao fazê-lo -. Colocar uma luz brilhante e adequada sobre as suas energias criativas sem limites como atriz, diretora, roteirista e produtora"

"AFI sempre apoiou a ousadia e os experimentos que acompanham o cinema provocatio," disse Jolie. "Como cineasta, e em nome do nosso elenco e da equipe, tenho a honra de lançar o filme na noite de gala de abertura do AFI Fest."

Também é esperado que Angelina e Brad possam ser homenageados colocando suas mãos no cimento, igual é feito na calçada da fama, embora essa ultima informação não seja uma confirmação ainda.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

RJ aprova lei 'Angelina Jolie' para dar exame a mulher com câncer na família

Uma lei publicada nesta quarta-feira (26), batizada com o nome da atriz americana Angelina Jolie, autoriza o estado do Rio a assinar um convênio para oferecer a realização de exames de sequenciamento genético em mulheres com histórico de câncer de mama ou de ovário na família. O teste observa se a paciente tem uma mutação nos genes BRCA1 e BRCA2, que são considerados "protetores" deste tipo da doença. Esta mutação pode facilitar o aparecimento da doença.

O exame, que custa cerca de R$  6,7 mil, passaria a ser feito gratuitamente através do Sistema Único de Saúde (SUS) e poderia diminuir a chance de aparecimento do câncer nas pacientes em todo o estado.

Como foi relatado anteriormente, a atriz Angelina Jolie passou pelo mesmo exame e, por meio dele, descobriu que tinha uma mutação hereditária no gene BRCA1. O problema aumenta em 87% o risco de uma mulher desenvolver câncer de mama, ou ainda em 50% o risco de ter um câncer de ovário. Preocupada com o histórico familiar — a mãe da atriz morrera em 2007 após ter a doença diagnosticada —  Angelina fez uma mastectomia (cirurgia para retirar os dois seios) em 2013. Este ano, ela também retirou os ovários.

De acordo com a lei proposta pela deputada estadual Marcia Jeovani (PR), o exame terá que ser requisitado por um oncologista, geneticista ou mastologista e ressalta que a lei não é um incentivo à mastectomia. Será necessário também apresentar laudo com histórico familiar de câncer de mama. A doença tem que ter sido diagnosticada antes dos 50 anos de idade em dois parentes de primeiro grau ou três parentes de segundo grau, enquanto o paciente que vai passar pelo exame deverá ter até 40 anos.

"Antes, ninguém ouvia falar deste exame. Quando surgiu uma atriz rica, bonita e famosa todo mundo questionou. Falaram: 'É excêntrica, é isso, é aquilo', mas vendo mais a fundo viemos a saber que ela fez o exame porque já tinha perdido a mãe e tinha grande possibilidade de ter a doença. Achamos por bem que a lei tivesse o nome da Angelina", disse a parlamentar.

Câncer de mama

O câncer de mama é o carcinoma mais comum em mulheres, respondendo por 22% do total de casos novos a cada ano no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Estimativa do instituto aponta que o país registrou 52.680 novos casos da doença apenas em 2012. São considerados fatores de risco, tanto para homens quanto para mulheres, histórico familiar, obesidade, sedentarismo e antecedente de patologias mamárias.